terça-feira, 11 de dezembro de 2012

BETROSPECTIVA 2012: os fatos que marcaram o ano!

OS VINGADORES! 
Sem chance para o remake do cabeça-de-teia ou para o final da trilogia do Homem-Morcego! No melhor estilo "HULK ESMAGA!", Os Vingadores conseguiram algo que todos os fãs esperavam há muito tempo: um filme de ação convincente, com uma boa trama e é claro... um HULK de vergonha! Os Vingadores foi perfeito em vários aspectos e revitalizou o segmento das películas de super-heróis. 10! Nota, 10!
TURMA DA MÔNICA PARA ADULTOS! (no bom sentido)
Durante o FIQ 2011 o MSP anuciou os primeiros cartazes do que viria a ser a sua série de Graphic Novels. Esse ano em outubro chegou as prateleiras e rapidamente se esgotou, o fantástico Astronauta Magnetar do Beyruth. Um cartão de visita de luxo e que cria muito mais expectativa em torno dos outros títulos que devem pintar em 2014.
O "REBOOT" CHEGOU... MAS O "RELAUNCH" TAMBÉM...
Em setembro de 2011 a DC "inovou" mais uma vez e recomeçou do zero pela enésima vez os seus títulos. Essa saga garantiu um aumento de vendas e a possibilidade de renovação de seu público consumidor. Esse ano a Panini trouxe ao Brasil o "reboot" da DC, mas não teve a mesma recepção calorosa e consumista que recebeu lá fora... na boa o ASTRONAUTA tá dando de goleada. Mas pra esfriar a DC nos EUA, a Marvel anunciou uma repaginação de suas criações (uau! que original)! Batizada de Marvel Now! a nova fase da outrora Casa das Ideias já estreou nos EUA e conseguiu ótimos números e abocanhar uma fatia que por vários meses vinha sendo dominada pela DC. A saga Vingadores Vs X-Men serviu para a Marvel tipo a "Flashpoint" para sua concorrente. Independente do que vai funcionar ou não, o universo dos super-heróis há muito tempo perdeu o seu brilho. Acho uma tremenda sacanagem com os colecionadores e principalmente o fim da Vertigo e de títulos legais que rolavam também na Wildstorm... 
MEU NOME É CON! CONVENÇÃO DE QUADRINHOS!

MUIRAQUICON, HQPB, FLIQ, GIBICON, SUPER CON, FEIRA DE QUADRINHOS DE TERESINA, HQMIX, MULTIVERSO COMIC CON... e o surgimento de micro eventos (uma ótima aposta ao nosso ver) como o QUANTACON, o PANDACON, o MUTAÇÃO e a TOP!TOP! por exemplo, demonstram que existe sim caminhos e um público ávido por esse tipo de iniciativa, mas do que necessárias para a criação e o fortalecimento de um público consumidor da HQB. O ano de 2013 já virá com a certeza do FIQ e na expectativa de um RIO COMICON, mas independente desses, que o provinciano, que o evento de menor porte, daquele que tenha um foco diferenciado (fanzines, mangás, pesquisa acadêmica, etc), sejam bem sucedidos e recebidos pela galera!

THE END!
Redundante mesmo foi o que vem rolando nesse finalzinho de ano: encerramento de projetos e de parcerias que pegaram muita gente de surpresa e foram como um soco no estômago dos amantes da HQB. Em novembro tivemos o fim oficial da webmagazine de maior longevidade da HQB do país, o FARRAZINE. Na verdade desde a saída de seu editor-mor o Caio Cesar, especulou-se o fim do FARRA, uma nova safra de colaboradores foi convocada, mais apenas duas edições vieram a ser produzidas  ao longo do ano. O coletivo pretende continuar apenas como website de notícias e quem sabe com um farracast para o ano vindouro, mas o baque do fim do FARRA nos deixa com um futuro incerto e com uma grande lacuna espaço-virtual, para todos aqueles que já se sentiam órfãos com o fim do BIGORNA desde 2011. Quase na mesma época também tivemos a notificação oficial que o LÉO SANTANA se desligara do coletivo pernambucano com mais de duas décadas de estrada, a P.A.D.A.. Ficamos na torcida que a galera restante dê conta do recado e a PRISMARTE, o Trófeu P.A.D.A e tantas outras iniciativas bacanas promovidas por essa intrépida trupe continue a frutificar e que o LÉO seja muito bem sucedido em suas novas empreitadas. Para finalizar esse tópico com cara de epígrafe, dezembro começou e trouxe logo de cara em menos de uma semana duas notícias bombas: o fim do coletivo QUARTO MUNDO e do Fanzine Subterrâneo. Estariam os Maias certos? O fim do mundo está próximo? Certamente que não! O amadurecimento e a busca pelo profissionalismo é que levam a decisões como essas, que aos olhos de quem está a distância parecem ser inoportunas, aparentam precipitação  diante de situações que poderiam ser contornáveis. É, mas só quem está dentro do escafandro é que pode opinar. Nós também promovemos alguns BUMM's em 2011, mas sobrevivemos para contar novas e boas histórias. Boa sorte à todos e um bastante explosivo...no sentido positivo!
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...