segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Um mundo Imaginário!



Imaginário!
Editor: Henrique Magalhães
Revista do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFPB.
N. 3. João Pessoa: Marca de Fantasia: dezembro de 2012. 172p. Arquivo gratuito em pdf.
ISSN 2236-6933


Por Henrique Magalhães - Marca de Fantasia
Uma das atividades fundamentais dos Programas de Pós-Graduação é o desenvolvimento sistemático de pesquisas que mirem certos aspectos dos temas em estudo. No Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFPB temos vários grupos reunindo professores, alunos e outros interessados no estudo das mídias e das culturas audiovisuais.
Um desses grupos é o Imaginário!, que tem como propósito a realização de pesquisas voltadas à Cultura Pop e às Artes Visuais, como História em Quadrinhos, Grafite, Humor, Animação, Fanzine e Game. O resultado desses estudos são artigos, entrevistas e resenhas, que são apresentados nos congressos nacionais e internacionais da área e circulam em revistas acadêmicas, como a Imaginário!
De periodicidade semestral, a Imaginário! chega à terceira edição com a distinção de seu corpo editorial, formado por Doutores e mestrandos de várias Universidades do país. Se na edição anterior a revista dedicou-se exclusivamente às histórias em quadrinhos, nesta investe na diversidade temática, com artigos que abordam desde a ficção científica ao jornalismo humorístico, sem deixar de reservar um generoso espaço a nossas queridas HQ.
Como matéria de capa, Marcelo Bolshaw, do PPGEM da UFRN, apresenta um estudo sobre o processo narrativo nas séries Star Trek, que são pedras basilares da ficção científica cinematográfica e televisiva. Fábio Tavares, graduado em Artes Visuais pela Universidade Regional do Cariri – URCA, analisa os quadrinhos como linguagem das Artes Visuais. Edgar Franco, do PPG em Arte e Cultura Visual da UFG, Elydio dos Santos Neto, professor e pesquisador do Mestrado Profissional em Organizações Aprendentes, da UFPB, Gazy Andraus, docente da Unimesp, São Paulo e Matheus Moura, mestrando de Arte e Cultura Visual da UFG, apresentam um estudo sobre os quadrinhos poético-filosóficos apontando algumas possibilidades de trabalho com esse gênero de quadrinhos em processos que estimulem o desenvolvimento criativo.
Daslei Bandeira e Paloma Diniz, formados em Comunicação Social e Artes Visuais pela UFPB, investigam a genealogia e a criação do personagem Coringa a partir da interseção com outras expressões artísticas, em particular com o expressionismo alemão. Marcelo Soares, mestrando do PPGC da UFPB, traz um artigo sobre a representação do indígena nas histórias em quadrinhos, apoiando-se no trabalho do paraibano Emir Ribeiro. Sandra Helena de Medeiros, Doutora pelo Proling-UFPB e professora de Letras analisa os quadrinhos como recurso pedagógico no ensino da língua francesa. Por fim, Cleriston Oliveira, graduado em Comunicação pela UEPB, apresenta resenha sobre A Trilogia Nikopol, série de álbuns de Enki Bilal.
Com um repertório tão diversificado quanto surpreendente, a Imaginário! cumpre seu papel de investigação das diversas formas de Comunicação e expressão artística, contribuindo para o desenvolvimento cognitivo dos mestrandos e graduados envolvidos em sua construção. Por outro lado, a equipe de Doutores garante, com suas pesquisas e artigos, a relevância da revista como fundamento para outros olhares acadêmicos.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...