domingo, 26 de agosto de 2012

REALMENTE acabou: Joseph Gordon-Levitt diz que NÃO há planos para um novo filme do Batman – ou Robin, Asa Noturna…

Por Judão

John Blake É o Robin. E não reclame do spoiler. Você já deveria saber que, no finzinho de Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge, descobrimos que esse é o nome de batismo do personagem interpretado por Joseph Gordon-Levitt. No final, há aquela homenagem a graphic novel O Cavaleiro das Trevas, com Bruce Wayne chamando Blake para ~um papo. Ok, bem legal.
ESQUEÇA essa possibilidade - ao menos por enquanto...
No entanto, muita gente viu a deixa no final como um novo passo para uma continuação – eu, inclusive. O fato é que Christopher Nolan disse de todas as formas possíveis que NÃO voltará ao universo do Batman. Ponto. De qualquer forma, a Warner poderia contratar um novo diretor e mandar tocar a continuação com John Blake sendo o herói. Poderia? Bom, de acordo com o próprio Joseph Gordon-Levitt, não existiu (e nem existe) papo sobre isso.
Em uma entrevista bem interessante para a MTV gringa (click aqui para ver), o ator disse o seguinte:
“Honestamente, não, nós nunca falamos sobre isso [ser o Robin ou Asa Noturna futuramente]. E honestamente eu sei de um monte de gente falando sobre o fim desse filme como sendo o gancho para uma continuação, mas não acho que seja necessariamente isso. É um final legal, perfeito para uma trilogia”.
Ou seja, ninguém chegou no cara e disse “se prepara aí que, futuramente você será o Batman. Ou o Asa Noturna. Ou o Robin. Ou um menino mimado que pula por aí com as pernas de fora”. Por outro lado, essa parte de “um monte de gente falando” não ficou claro. Seriam fãs? Pessoas da própria Warner pensando em uma forma de faturar mais uma grana no futuro? A senhora Levitt querendo ver o filhinho de colã vermelho e verde?
No mesmo papo, um pouco antes, Jospeh deixou escapar que não depende dele voltar ao personagem John Blake e que seria “awesome” se isso acontecesse.
Ou seja, o principal ator para um retorno ao universo iniciado em Batman Begins toparia conversar sobre um novo filme, mesmo sem o Nolan e sem ser essa, originalmente, a intenção do diretor.
A pergunta é: precisa?
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...